ESPAÇO RESERVADO PARA SEUS COMENTÁRIOS SOBRE NOSSO BLOG

QUER TER DINÂMICAS E TÉCNICAS PARA TRABALHAR COM GRUPOS AO ALCANCE DE SUA MÃO? CLIQUE NO BOTÃO COMPRAR, ABAIXO DA FOTO DO LIVRO DIGITAL.
Quer fazer um elogio, crítica ou sugestão sobre o blog? :Clique aqui
Quer se cadastrar para receber nossas novidades? Envie seu e-mail, clicando aqui
(11) 5589-2211(horário comercial - das 9h as 17h30).


segunda-feira, 30 de setembro de 2013

VÍDEO – ORGULHO E TEIMOSIA - Com roteiro p/ discussão


ROTEIRO PARA DISCUSSÃO DO VÍDEO – ORGULHO E TEIMOSIA

OBJETIVO: Gestão de Conflitos e Cooperação.

Passar o filme e depois perguntar:
- Esse vídeo reflete situações rotineiras?  Onde encontramos esses comportamentos? Será que no nosso trabalho? Em nossas relações pessoais e familiares? Nós agimos dessa forma em nosso dia a dia?
- Que cenas mais marcaram? (Pedir para que falem individualmente) e Por quê?
- Que comportamentos e atitudes apareceram no filme? Listar na lousa ou quadro.
- Quais os efeitos dessas atitudes e comportamentos listados em nossas vidas ou em nosso dia a dia? Que tipo de sentimentos e comportamentos são gerados com atitudes negativas? E com as positivas?
- Os animais menores tiveram atitudes adequadas? Será que precisamos agredir ou revidar para conseguirmos o que queremos?
- Quais as consequências para os grupos e relações desses comportamentos, tanto positivos, quanto negativos?
ALGUMAS CONCLUSÕES:
Levar o grupo a perceber que:
. Atitudes de competição, agressão, impositividade, etc., tendem a influenciar o clima do grupo, gerando animosidades e atritos desnecessários. Muitas vezes, e a maior parte das vezes, os conflitos são provenientes de comportamentos que poderiam ser evitados se houvesse mais tolerância e boa vontade uns com os outros. Esses atritos geralmente são gerados por situações “bobas” e banais. Muitas vezes, por orgulho ou teimosia ou não querer ceder.
. Atitudes mais humildes e que visam à colaboração, tendem a contagiar o grupo e melhorar o clima.
Não estamos dizendo que as pessoas precisam ser “vaquinhas de presépio”, isto é, aceitar tudo que lhes impõe, mas sim buscar maneiras de se relacionar e conviver buscando o bem comum e, por conseguinte, o bem individual.

Lilian
www.dinamicaspassoapasso.com.br
Veja, tb: www.centrodenumerologia.com.br

Postagens populares